RE/MAX MSA - Imobiliária especialista nos bairros de Perdizes, Pompeia e Pinheiros
O que valoriza um imóvel

O que valoriza um imóvel?


A valorização de imóvel é um fator de extrema importância a ser considerado ao comprar uma casa, apartamento ou espaço comercial. Isso é porque um imóvel é equivalente ao investimento. Comprar uma casa boa é o mesmo que comprar ações em alta, apesar das diferenças na natureza desses investimentos.

O ponto a ser ressaltado é a prevenção ao adquirir um imóvel que pode ser usado primeiramente para moradia ou a instalação de um negócio, mas que posteriormente pode ser objeto de venda ou locação. Torna-se lógico que a valorização de imóvel determina o preço cobrado pelo mesmo e pode ser um fator diferencial mesmo com as costumeiras instabilidades do mercado imobiliário.

Mas o que é a valorização de imóvel na prática? Muito se fala desse conceito, mas seus critérios não são familiares ao grande público. Portanto, se você deseja comprar um imóvel ou valorizar o que já possui, é necessário conhecer os aspectos da valorização.

Conheça o conceito de valorização de imóvel, como o mercado calcula o seu valor e dicas de como tornar um imóvel suficientemente valorizado para venda e aluguel.

Valorização do imóvel: o que pode ser melhorado?

A valorização é um conceito amparado na ideia de comparar valores. É o preço atual do imóvel comparado com o seu preço inicial. A modificação pode ocorrer de forma positiva ou negativa. Por isso é importante tomar cuidado para fatores que podem desvalorizar um imóvel.

Com o foco na valorização de imóvel, é preciso elencar todos os pontos que podem ser melhorados para que o preço da propriedade aumente e seja condizente com as modificações feitas. As razões por trás da valorização podem internas ou externas ao imóvel.

Valorização do imóvel o que pode ser melhorado
Fonte/Reprodução: original

Considerando os fatores externos, temos a mudança do ambiente no entorno do imóvel, como a melhoria da infraestrutura do bairro em que se localiza. O número crescente de habitantes na localidade também é um fator. Entram nesses critérios os incentivos fiscais para abertura de empreendimentos na região, com diminuição de taxas de juros.

Tudo engloba um fluxo saudável de oferta e demanda por imóveis na região. O próprio aumento de ofertas e demandas também afeta positivamente a valorização de imóvel.

Nos fatores mais ligados ao imóvel do que nas mudanças da região onde este se localiza estão as reformas, o investimento em segurança, o modelo do condomínio com melhorias de infraestrutura e área de lazer.

Como o mercado calcula o valor de um imóvel?

Uma vez elencados os fatores que movimentam a valorização de imóvel, é válido compreender de que forma o cálculo desse valor é realizado pelo mercado. Por uma questão de princípios matemáticos, todo cálculo é uma operação que envolve fatores. No caso dos imóveis, os fatores do cálculo são:

  • Localização
  • Metragem
  • Conservação

No fator de localização existem circunstâncias subsidiárias, importantíssimas para determinar sua qualidade. São eles a segurança da região, que pode ser observada nas taxas de criminalidade. Em segundo lugar as vias de acesso e oferta de transporte público. Por fim, o volume de estabelecimentos comerciais. Regiões de centro de cidade costumam ser mais caras por esses motivos.

Como o mercado calcula o valor de um imóvel
Fonte/Reprodução: original

No fator de metragem o importante é o tamanho do imóvel, medido em metros quadrados. Mas, é importante ter atenção sobre a localização que influencia a metragem. Um metro quadrado de imóvel pode ser mais caro ou mais barato de uma localidade para a outra.

O terceiro fator de cálculo é a conservação do imóvel, que dá a sua aparência, estrutura e estética ao longo dos anos. Imóveis mais antigos e que não recebem manutenção apresentam sinais claros de má conservação. São eles os problemas nas portas, janelas, infiltrações, pintura desbotada ou descascada, rachaduras nas paredes e nos pisos, situações hidráulicas problemáticas, etc.

Ao juntar esses três fatores o cálculo pode ser realizado. Não há uma fórmula precisa para o cálculo, mas é possível comparar os valores de um imóvel para o outro com base nesses fatores. Assim é possível conseguir uma estimativa.

No caso de maior precisão, é possível o uso de ferramentas online em páginas especializadas, com a consultoria de um corretor ou imobiliária.

4 dicas de como valorizar seu imóvel para venda e aluguel

Se você já possui um imóvel e gostaria de valorizá-lo, para que uma futura compra ou aluguel seja ainda mais lucrativo, há algumas dicas práticas na valorização de imóvel que podem ser seguidas.

Planta

Fazer alterações na planta pode levar a uma considerável valorização de imóvel, pois a redistribuição inteligente dos cômodos torna a propriedade em um local diferenciado e atraente aos compradores.

Mas, é importante considerar que mudanças na planta não são atraentes aos locatários. Portanto, essas alterações no imóvel devem ser feitas mais quando a intenção é vender o imóvel.

Móveis embutidos

Os móveis, como os armários embutidos de cozinha, banheiro, quartos e área de serviço, bem como as estantes que podem ser até de alvenaria, desde que mantenham a estética do cômodo, podem ser ótimas em contratos de locação.

Esse caso é o exato oposto da alteração de plantas. Em geral, pessoas que desejam comprar um imóvel desejam colocar seus móveis dentro dele. Mas quem prefere alugar encontra facilidade e economia em um lugar com móveis embutidos.

Vista

Esse fator incide muito sobre apartamentos em condomínios. Ao escolher um desses imóveis para compra, prefira um que tenha vista para a cidade e com entrada de luz solar. Apartamentos com vista para outros prédios e pouca iluminação natural perdem no quesito da valorização de imóvel.

Reformas

As reformas são essenciais em imóveis para a valorização de imóvel que será objeto tanto de compra quanto de venda. Não se trata de mudança na planta nem de armários embutidos, por isso a reforma é bem-vinda em qualquer caso.

Uma reforma não traz somente a manutenção desejada do imóvel, mas o deixa mais moderno, adequado às tendências do mercado e aos anseios de locatários e compradores.

Investir em bons materiais na reforma, substituir grades e portas por outras de maior qualidade e trazer um toque personalizado e aconchegante ao ambiente é a certeza de valorização de imóvel e posterior ganho em cima deste.

Não apenas a venda e a locação se tornam mais fáceis, mas o preço dessas pode ser aumentado justamente.

Após entender os fatores de cálculo de imóvel, bem como as razões por trás da sua precificação, fica claro o quanto é importante ter atenção aos detalhes. A valorização de imóvel está na diligência em cumprir requisitos mínimos para a negociação, mas principalmente em tornar a sua propriedade em um sonho de consumo para alguém.

Para garantir a valorização de imóvel é preciso ter em mente o outro lado do contrato: o locatário ou comprador. Como é possível tornar o seu imóvel bom o bastante para que essa pessoa pense que pode fixar residência ou um estabelecimento comercial ali?

Se a compra ainda não foi realizada, é ideal escolher um imóvel com base nos fatores externos, como a localização, segurança, acesso a transporte, etc. No caso de propriedades já adquiridas, o que pode ser feito é a melhoria interna.

Seja qual for a situação de sua casa, apartamento ou espaço comercial, o principal é cuidar da manutenção e realizar modificações que sejam ideais ao público interessado. Assim, a valorização de imóvel torna-se o gatilho para um investimento compensador e duradouro.

Portanto fica a pergunta. Vale a pena consultar um especialista em avaliação de imóveis com critério próprio comprovado mundialmente? Este é um dos nossos diferenciais.

RE/MAX MSA, venha tomar um café conosco ou nos envie uma mensagem que um especialista fará contato.


Adicionar comentário